La Lys 1917-1918, Capitães Bento Roma e David Magno. Mito e Realidade.

16.98

MIGUEL NUNES RAMALHO (Junho de 2017) 

Descrição

A Grande Guerra e a beligerância forçada e impopular que a marcou continuam hoje envoltas em nevoeiro. Passaram cem anos, mas por vezes parece que foi um tempo que passou sem anos, tais são as semelhanças com o passado. Porque existe este nevoeiro, esta censura negra que tudo tolda, este medo de olhar para o passado com os olhos da lógica? O nevoeiro só existe porque muitos o querem manter. Quem são esses muitos?
Em primeiro lugar, os que provocaram a beligerância e todos os que se consideram os seus herdeiros políticos e ideológicos. É fácil saber quem provocou a beligerância: foram os republicanos radicais, agrupados à volta de Afonso Costa, que gostam de se apresentar a si próprios como sendo “A República”, mas que não passam de uma das várias correntes do regime.
(Do Prefácio por António Telo)

ISBN: 978-989-8647-88-7
Dim: 160 cm x 235 cm
Pag: 492 pp

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “La Lys 1917-1918, Capitães Bento Roma e David Magno. Mito e Realidade.”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *