D. Nuno Álvares Pereira

9.79

ANÓNIMO (Julho de 2007) ANÓNIMO (Julho de 2007) 

Nuno Álvares viveu muito para além dos seus feitos e do seu tempo. Tornou-se figura incontornável nas crónicas, nos poemas e nos épicos, confundiu-se com a “memória nacional” guerreira e resistente, penetrou nas crenças dos homens como santo milagreiro. Todos estes sentidos atribuídos à figura do Condestável aparecem incorporados na Mensagem de Fernando Pessoa, quando este escreveu “‘Sperança consumada,/ S. Portugal em ser,/ Ergue a luz da tua espada/ Para a estrada se ver!” Muitos, durante séculos, quiseram ver o futuro de Portugal através do brilho que irradiou da espada guerreira de Nuno Álvares. O fascínio da sua personagem advém desse facto, de ter sobrevivido ao tempo chegando ao século XXI ainda a despertar interesse, quer na tentativa de sabermos quem foi, quer para conhecermos os caminhos que a sua lenda tomou.

Descrição

ANÓNIMO (Julho de 2007) ANÓNIMO (Julho de 2007) Nuno Álvares viveu muito para além dos seus feitos e do seu tempo. Tornou-se figura incontornável nas crónicas, nos poemas e nos épicos, confundiu-se com a “memória nacional” guerreira e resistente, penetrou nas crenças dos homens como santo milagreiro. Todos estes sentidos atribuídos à figura do Condestável aparecem incorporados na Mensagem de Fernando Pessoa, quando este escreveu “‘Sperança consumada,/ S. Portugal em ser,/ Ergue a luz da tua espada/ Para a estrada se ver!” Muitos, durante séculos, quiseram ver o futuro de Portugal através do brilho que irradiou da espada guerreira de Nuno Álvares. O fascínio da sua personagem advém desse facto, de ter sobrevivido ao tempo chegando ao século XXI ainda a despertar interesse, quer na tentativa de sabermos quem foi, quer para conhecermos os caminhos que a sua lenda tomou.

ISBN: 978-989-8070-11-1
Dim: 15,00 cm x 21,00 cm

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “D. Nuno Álvares Pereira”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *