África Do Sul, A Difícil Transição

21.70

RUI CÂMARA PINA (Março de 2012)

O livro é uma obra de qualidade, bem investigada e bem escrita, que se lê com o maior interesse – e proveito.
O tema não é apenas muito importante para a História universal e para a História de África: é-o também para a História de Portugal do séc. XX, nomeadamente nos períodos (para nós cruciais) de 1961 a 1974 e de 1974-75…

Descrição

O livro é uma obra de qualidade, bem investigada e bem escrita, que se lê com o maior interesse – e proveito.
O tema não é apenas muito importante para a História universal e para a História de África: é-o também para a História de Portugal do séc. XX, nomeadamente nos períodos (para nós cruciais) de 1961 a 1974 e de 1974-75. Os últimos capítulos, relativos ao fim do “apartheid” são mesmo fascinantes, pois relatam como o impossível se tornou possível: os encontros secretos entre o presidente Botha e o preso político Nelson Mandela, o reformismo bem sucedido do presidente Frederik de Klerk, os quatro anos de dificílimas negociações entre o governo e o ANC, e o exemplar resultado final de reconciliação democrática. Não por acaso, o Prémio Nobel da Paz, em 1991, foi atribuído em conjunto a Frederick de Klerk e a Nelson Mandela. Como o Mundo se torna belo nas mãos de homens de boa vontade!
(do Prefácio por Diogo Freitas do Amaral)

SBN: 978-989-8070-79-1
Dim: 17,00 cm x 24,00 cm
Pag: 518pp

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “África Do Sul, A Difícil Transição”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *